Conteúdos mais cobrados no Enem de cada disciplina

Estudar para alcançar uma boa nota no Enem e conquistar aquela vaga dos sonhos no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), no Programa Universidade para Todos (Prouni) ou ainda usar a pontuação para um financiamento estudantil é sonho de milhares de brasileiros que passam meses estudando para o exame!

Extensa, a prova faz um apanhado interdisciplinar de todos os assuntos abordados no Ensino Médio. Por isso, é tão importante saber quais são os conteúdos mais cobrados no Enem em cada disciplina.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem dois dias de prova, um em cada domingo. Aí, é uma verdadeira maratona, uma vez que são 180 questões mais a redação!

A busca pelo bom resultado se justifica pelo fato de o Enem ser a porta de entrada para a maioria das universidades públicas do país. A avaliação é usada pelo Sistema de Seleção Unificada, o Sisu. Ainda, boas notas possibilitam financiamentos e bolsas de estudo.

Por isso, tanta gente se prepara o ano todo, uma vez que os resultados podem ditar onde o aluno vai estudar. Uma das etapas mais importantes nesse processo é entender os conteúdos mais cobrados no Enem, a partir da Matriz de Referência que consta no Edital.

Veja aqui também: Redações que alcançaram nota máxima no Enem

O que é a Matriz de Referência?

A Matriz de Referência é um documento que traz todos os assuntos possíveis de cair na prova do Enem. O texto é elaborado pelo Ministério da Educação (MEC) e faz um apanhado daquilo que o estudante viu ao longo do Ensino Médio. 

Por que a Matriz de Referência é importante? Para ajudar a entender o perfil da prova e, a partir daí, o que mais cai no exame. Em suma, o Enem é composto por 180 questões divididas em quatro grandes áreas do conhecimento, sendo elas: 

  • Matemática e suas Tecnologias: 45 questões
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: 45 questões
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias: 45 questões
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias: 45 questões

Além das questões objetivas, o aluno ainda precisa encarar a redação, que vale 1000 pontos na contagem geral. Aliás, ela merece uma atenção toda especial, pois zerá-la vai eliminar o estudante de todo o exame.

Entenda aqui o que é redação dissertativa argumentativa, modelo cobrado no Enem!

O primeiro dia concentra 45 questões de linguagem e mais 45 questões de ciências humanas (sociologia, filosofia, geografia e história). É nele, também, que o aluno redige a famigerada redação

Por fim, no segundo dia de prova, são as 45 questões de ciências da natureza (química, física e biologia) e 45 de matemática. Com a estrutura do Enem em mente, fica até mais fácil elaborar o roteiro de estudos

Os conteúdos que mais caem no Enem por disciplina

Agora que você já entende melhor a estrutura da prova e a Matriz de Referência, é hora então de mostrar os conteúdos mais cobrados no Enem de acordo com cada área exigida.

Conteúdos de matemática mais cobrados no Enem

Essa é uma área que pode deixar muito estudante com os cabelos em pé, mas com dedicação é possível alcançar uma boa nota. Para isso, é preciso dominar:

  • Geometria (22,5%);
  • Escalas, Razão e Proporção (14,2%);
  • Aritmética (11,8%);
  • Gráficos e Tabelas (9,1%);
  • Funções (8,7%).

Aqui, entre os conteúdos mais cobrados no Enem em Matemática, temos: 

  • Prismas;
  • Medidas para dados simples;
  • Leitura e interpretação de gráficos;
  • Razões e proporções;
  • Porcentagem;
  • Regra de três.

Conteúdos de linguagens mais cobrados no Enem

Esta é uma área muito grande e que precisa de muita dedicação do estudante, já que engloba, inclusive, conteúdo de língua estrangeira.

Em literatura, o Enem cobra:

  • Poesias Concretas;
  • Figuras de linguagem;
  • Obras literárias, especialmente clássicos brasileiros;
  • Movimentos literários (quinhentismo, barroco, naturalismo, modernismo e realismo);
  • Literatura Contemporânea.

Em língua Portuguesa, o Enem cobra: 

  • Leitura e Interpretação de Textos (33,3%);
  • Estrutura Textual e Análise de Discurso (17,6%);
  • Leituras e Artes (11,5%);
  • Gênero Textual (8,4%);
  • Literatura (7,8%);

Por isso, foque em:

  • Gêneros textuais;
  • Sintaxe;
  • Linguística;
  • Morfologia;
  • Norma culta e coloquial;
  • Compreensão e interpretação de texto;
  • Semântica;
  • Funções de linguagem e gramática.

Em artes e educação física, o Enem cobra:

  • Movimentos artísticos e culturais;
  • Renascimento;
  • Cubismo;
  • Obras artísticas;
  • Grafite;
  • Música;
  • Artes marciais;
  • Esportes.

Em espanhol, o Enem cobra:

  • Leitura e Interpretação de Textos (52,2%);
  • Semântica e Domínio Lexical (14,8%);
  • Análise de Texto Literário em Prosa (7,0%);
  • Identificação de Função do Texto (6,1%);
  • Análise e interpretação de poemas e canções (6,1%);

Em inglês, o Enem cobra: 

  • Leitura e Interpretação de Textos (51,3%);
  • Leitura e Interpretação de Cartuns, Tiras e Charges (11,3%);
  • Domínio Lexical (11,3%);
  • Análise e Interpretação de Poemas e Canções (11,3%);
  • Identificação da Função do Texto (8,7%).

Conteúdos de ciências humanas mais cobrados no Enem

Entre os conteúdos mais cobrados no Enem de filosofia, temos:

  • Ética e Justiça (18,7%);
  • Filosofia Antiga (16,8%);
  • Filosofia Contemporânea (12,3%);
  • Natureza do Conhecimento (11,6%);
  • Filosofia Moderna (11,6%).

Entre os conteúdos mais cobrados no Enem de sociologia, temos:

  • Mundo do Trabalho (21,9%);
  • Cultura e Indústria Cultural (12,9%);
  • Ideologia (11,6%);
  • Meios de Comunicação, Tecnologia e Cultura de Massa (11,6%);
  • Cidadania (10,3%).

Os conteúdos que mais caem no Enem são: 

  • Pensadores da Grécia Antiga;
  • São Tomás e Santo Agostinho (fé e razão);
  • Iluminismo;
  • Marxismo;
  • Existencialismo;
  • Marxismo;
  • Contratualismo;
  • Relações de Trabalho;
  • Globalização e suas consequências;
  • Movimentos sociais;
  • Cultura de massa.

Em geografia, o Enem cobra:

  • Geografia Agrária (18,1%);
  • Meio Ambiente (16,9%);
  • Questões Econômicas e Globalização (11,8%);
  • Geografia Física (10,9%);
  • Geografia Urbana (10,4 %).

Considerando os tópicos acima, entre os conteúdos mais cobrados no Enem em Geografia, temos:

  • Desenvolvimento humano e social;
  • Geopolítica mundial;
  • Planos e blocos econômicos;
  • Migrações;
  • Agricultura Brasileira;
  • Impactos no meio ambiente.

Em história geral e do Brasil, o Enem cobra:

  • Idade Contemporânea (17,7%);
  • Brasil Colônia (12,7%);
  • Brasil Império (11,4%);
  • História Política (10,5%);
  • Patrimônio Histórico-Cultural e Memória (7,8%).

Deste modo, importante estudar, em história:

  • Idade Média e Moderna;
  • Revolução Industrial;
  • Primeira e Segunda Guerra Mundiais;
  • Fascismo, Nazismo e Holocausto;
  • Liberalismo;
  • Guerra Fria;
  • Brasil Colônia;
  • República;
  • Escravidão; 
  • Era Vargas e Populismo;
  • Ditadura Militar.

Conteúdos de ciências da natureza mais cobrados no Enem

Já estou na reta final da apresentação dos conteúdos mais cobrados no Enem em cada uma das diversas áreas do conhecimento. É preciso se organizar para ter tempo de revisar todos os temas e ir bem no exame.

Em biologia, o Enem cobra:

  • Humanidade e Ambiente (19,5%);
  • Citologia (11,5%);
  • Histologia e Fisiologia (11,5%);
  • Fundamentos da Ecologia (8,3%);
  • Biotecnologia (8,1%).

Nesta área, os conteúdos mais cobrados no Enem são: 

  • Citologia;
  • Genética e mutações;
  • Evolução;
  • Ecologia;
  • Sustentabilidade;
  • Problemas ambientais;
  • Ciclos de água, carbono e oxigênio;
  • Imunização.

Em química, o Enem cobra:

  • Físico-Química (27,0%);
  • Química Geral (26,8%);
  • Química Orgânica (19,2%);
  • Meio Ambiente (11,1%);
  • Energia (6,4%);

Dentro de cada tema, temos os seguintes temas entre os mais cobrados no Enem: 

  • Oxidação; 
  • Soluções;
  • Eletroquímica;
  • Unidades de concentração;
  • pOH e pH;
  • Estequiometria;
  • Cadeias carbônicas;
  • Radioatividade.

Em física, o Enem cobra:

  • Mecânica (30,9%);
  • Eletricidade e Energia (25,8%);
  • Ondulatória (18%);
  • Termologia (17,1%);
  • Óptica (8,1%).

Entre os conteúdos mais cobrados no Enem da disciplina, temos: 

  • Mecânica;
  • Acústica;
  • Calorimetria;
  • Usinas de energia;
  • Instalações residenciais de energia;
  • Óptica;
  • Ondas;
  • Eletricidade;
  • Hidrostática. 

Conseguiu anotar tudo? O ideal é que você faça um plano de estudos detalhado contemplando todos os conteúdos mais cobrados no Enem, com fase de revisão e até simulados em cada área exigida.

Segundo levantamento do SAS Plataforma de Educação, a Leitura e Interpretação Textual está presente em mais de 50% das questões de língua estrangeira, seja inglês ou espanhol. Ainda, 33,3% das questões de língua portuguesa exigem tais habilidades.

Em números absolutos, isso significa que leitura e interpretação foram cobrados em 336 questões do Enem, entre 2009 e 2020, somente em Língua Portuguesa. Já nos idiomas, as habilidades foram cobradas em 59 questões de inglês e 60 de espanhol. 

Já Geometria domina 22,5% das questões de Matemática, enquanto em 14,2% delas aborda razão e proporção, além de escalas.

Dicas de como estudar para o Enem

Além de saber os conteúdos mais cobrados do Enem, é importante desenvolver boas técnicas de estudo. Afinal, trata-se de uma prova extensa com alta abrangência de temas. 

Ou seja, além de saber o que cai, é preciso entender também como estudar. Veja algumas dicas:

  1. Treine com provas anteriores e simulados, especialmente dos últimos quatro anos; 
  2. Direcione os estudos para temas mais recorrentes (daí, a importância de saber os conteúdos mais cobrados no Enem);
  3. Programe-se com antecedência e não deixe para se preparar em cima da hora;
  4. Busque bons conteúdos na internet, como videoaulas, simulados e aulões;
  5. Elabore resumos escritos com os conteúdos estudados, ajudando na fixação do conteúdo;
  6. Treine a Redação, atentando-se à construção textual e desenvolvimento dos argumentos;
  7. Potencialize seus estudos teóricos com filmes históricos e didáticos;
  8. Descanse e durma bem para ampliar a aprendizagem.

Veja aqui dicas do que levar para comer no dia da prova!

Sabendo os conteúdos mais cobrados no Enem, você agora consegue planejar melhor seus estudos.

Porém, assim como em outras provas, é preciso dar atenção aos temas menos recorrentes, uma vez que cada ponto vale muito na nota final!

follow:
Educação

Educação

Textos relacionados