Como estudar fora do Brasil?

Publicado por Educação em

Estudar no exterior é o sonho de muitos brasileiros. E a cidade de Miami, nos Estados Unidos, costuma ser uma das melhores opções para valorizar o currículo. E, mesmo com o dólar alto, é possível fazer isso sem gastar tanto. Alguns brasileiros querem saber como estudar fora do Brasil para aprimorar o currículo. É o seu caso

Seja por meio de intercâmbio entre universidades ou mesmo para fazer a sua graduação ou um curso de especialização, estudar fora do Brasil vai ampliar o seu horizonte, construir uma bagagem cultural e agregar experiências incríveis a sua vida.

Mas quais são os desafios para quem quer saber como estudar fora do Brasil? Quais os cursos são possíveis? É preciso de visto? Como vou me manter?

Essas acima são algumas das diversas dúvidas que atormentam os estudantes no processo de definição sobre o local em que irá estudar.

Você pode optar por fazer um curso de línguas, uma especialização ou algo complementar para sua área de atuação. Veja aqui algumas dicas para conseguir fazer isso.

Como estudar fora do Brasil?

Faça uma poupança – O primeiro passo para quem quer estudar fora do Brasil é economizar. Não precisa juntar uma grande quantidade de dinheiro. Pode ir começando aos poucos.

Tente separar cerca de 15% a 20% do que ganha para concretizar seu objetivo. Se tiver alguém que pague por você, como pais ou algum familiar, também seja econômico para poder ter dinheiro extra para usar durante o período em que estiver estudando fora do Brasil

Escolha o curso desejado – Depois que tiver feito alguma economia, tente focar no seu objetivo. Se for melhorar suas habilidades no idioma, há diversas opções de escolas. Em Miami, no litoral sul dos Estados Unidos, por exemplo, algumas universidades oferecem o curso intensivo de inglês, além de franquias independentes.

Outra facilidade de fazer um intercâmbio em Miami é a presença de brasileiros e latinos. Você vai se sentir em casa e ainda poderá praticar bastante com os americanos também.

Consiga a documentação necessária – Para começar a estudar fora do Brasil, é bom lembrar que a imigração vai te pedir diversas informações sobre o que estará fazendo lá. Portanto, tenha tudo preparado.

Entre em contato com o local onde queira estudar, saiba o que é necessário para fazer a matrícula e se eles te dão algum subsídio para conseguir o visto.

Se estiver trabalhando, separe o comprovante de renda, uma carta do seu chefe comprovando que está empregado, os certificados necessários e demais documentos que possam ser solicitados. Separe tudo isso e faça a tradução para o inglês, espanhol, francês ou idioma do local escolhido.

Tenha um visto de estudante – Vá à embaixada ou consulado representante do país escolhido, verifique na internet o endereço mais próximo da sua casa. Pesquise antes as exigências e tudo o que precisará para pedir o visto e agende uma entrevista.

Na data prevista, vá com tudo o que for solicitado. Tente se mostrar calmo e responda às perguntas de forma natural. Se tudo der certo, você estará pronto para a viagem.

Aproveite sua estadia – Depois que tudo estiver pronto, chega a hora de aproveitar o intercâmbio e tudo o que ele tem a oferecer. Visite todos os lugares que puder, é uma experiência que vale muito mais do que você vai pagar.

Se em sua pesquisa de como estudar fora do Brasil você optar por Miami, por exemplo, saiba que estará em um centro financeiro, com clima tropical e temperaturas agradáveis. É uma delícia. Fora isso, a qualidade de vida é indiscutível.

Tente tirar proveito ao máximo que conseguir da convivência diária com pessoas de diferentes lugares. Você vai achar muitos estrangeiros e americanos. E essa troca cultural faz toda a diferença.

Agora que já explicamos as principais informações que separamos para você que busca como estudar fora do Brasil, aproveite e entenda também como a nota do ENEM pode te levar para Portugal e quais são os melhores cursos da Anhembi Morumbi.

Categorias: DICA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *