Quantas fases tem a Fuvest, porta de entrada para a USP?

A prova da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) é, sem dúvida, uma das mais concorridas do país. Portanto, exige preparo por parte do candidato, tanto em relação ao conteúdo quanto saber a estrutura da prova. Ou seja, quantas fases tem a Fuvest.

O vestibular da Fuvest seleciona, entre os mais de 100 mil candidatos inscritos anualmente, os aprovados para os cursos da Universidade de São Paulo (USP). Ainda, é a porta de entrada da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSC-SP).

Com candidatos de todas as partes do país, o exame exige alto nível de preparo, uma vez que a exigência das provas também é alta.

Mas, antes de mais nada, é imprescindível ter uma visão geral do vestibular, suas etapas e como é cada uma. Se estas também são suas dúvidas, continue a sua leitura!

Descubra quais são as melhores faculdades de arquitetura do país

Saiba o que levar para comer no vestibular

Quantas fases tem a Fuvest?

O vestibular da Fuvest, independente do curso pretendido, é composto por duas fases. A primeira é composta por questões objetivas de múltipla escolha. Na segunda, o candidato responde a questões dissertativas focadas na área de atuação.

Além de saber quantas fases tem a Fuvest, entretanto, é importante que o aluno leia atentamente o Manual do Candidato. O documento traz todas as informações sobre a prova, inclusive datas, horários, conteúdos e orientações gerais. 

Como é a primeira fase da Fuvest?

A primeira prova da Fuvest é composta por 90 questões objetivas, cada uma com cinco alternativas. Todas devem ser respondidas em até cinco horas. Lembre-se de que se trata de uma etapa classificatória e eliminatória.

Nas questões da primeira fase da Fuvest, são cobradas as seguintes disciplinas:

  • Língua Portuguesa;
  • Matemática;
  • Biologia;
  • Química;
  • Física;
  • Inglês;
  • Geografia;
  • História;
  • Conhecimentos Gerais.

Conforme o calendário da Fuvest, a primeira etapa está marcada para o dia 12 de dezembro de 2021.

E o que considera o aluno classificado para a próxima fase da Fuvest

Primordialmente, a nota de corte, calculada a partir do resultado do último convocado, considerando também o número de vagas e a quantidade de candidatos.

Os cursos com maiores notas de corte na Fuvest são os de Medicina em São Paulo, Ribeirão Preto e Bauru, com 76, 72 e 69, respectivamente.

Na outra ponta, estão Publicidade e Propaganda, Economia, Administração, Ciências Contábeis e Atuária (52); Ciências Biológicas – Ribeirão Preto (51); Fisioterapia e Medicina Veterinária – Pirassununga (50).

Veja exemplos de redações nota mil no Enem!

Como funciona a segunda fase da Fuvest?

Lembra que a primeira fase é eliminatória e classificatória? Consequentemente, só participa da segunda fase da Fuvest quem foi aprovado na etapa inicial.

De modo geral, são convocados os candidatos melhor classificados, considerando 4x o número de vagas da carreira e a modalidade de concorrência

Aqui, o aluno deverá responder a 38 questões discursivas, além da redação. São quatro horas de prova, nas quais devem ser respondidas:

  • 12 questões sobre duas ou três disciplinas específicas da área escolhida;
  • 16 questões de Geografia, História, Biologia, Física, Inglês, Matemática e Química;
  • 10 questões de Língua Portuguesa e Literatura;
  • Redação.

Note que, na segunda fase da Fuvest, as questões são direcionadas à área de atuação do curso escolhido. Ainda, por ser dissertativa, a prova pretende avaliar também a capacidade de escrita do candidato, o que inclui suas habilidades de escrever com clareza e objetividade.

Conforme consta no calendário da Fuvest, as provas da segunda fase serão realizadas nos dias 16 e 17 de janeiro de 2022. 

Quantas fases tem a prova da Fuvest – habilidades específicas

Além das provas de conhecimentos gerais, alguns cursos exigem avaliação em habilidades específicas. Neste ano, as provas serão realizadas também em janeiro, conforme o curso pretendido. 

Confira o cronograma da terceira fase da Fuvest:

  • 19 a 22 de Janeiro de 2022 – Prova (não presencial) de Habilidades Específicas – Música – ECA (Carreira 245);
  • 19 a 22 de Janeiro de 2022 – Prova (não presencial) de Habilidades Específicas – Música – Ribeirão Preto (Carreira 250);
  • 19 a 22 de Janeiro de 2022 – Prova de Habilidades Específicas – Artes Cênicas (Carreira 115);
  • 20 de Janeiro de 2022 – Prova de Habilidades Específicas – Artes Visuais (Carreira 125).

Como você pode perceber, em resposta a dúvida sobre quantas fases tem a Fuvest, algumas áreas têm três, sendo que a maioria tem apenas duas.

Descubra quais são os melhores cursos de enfermagem do Brasil!

O que levar no dia da prova da Fuvest?

Agora que você já sabe quantas fases tem a Fuvest, atente-se ao que pode ou não levar no dia da prova.

As informações apresentadas abaixo também constam no Manual do Candidato. Veja o que levar no dia da prova, independente da etapa

  • Caneta esferográfica azul ou preta;
  • Documento original com foto (RG, CNH ou CTPS);
  • Foto 3×4 recente;
  • Lápis, borracha, apontador e régua.

Quanto ao que não levar, a lista é um pouco mais extensa. Nela, estão incluídos:

  • Bonés, gorros ou chapéus;
  • Corretivo;
  • Anotações ou materiais impressos;
  • Dispositivos eletrônicos;
  • Relógio;
  • Fones de ouvido ou protetores auriculares.

Agora que você já sabe o que pode ou não levar e quantas fases tem a Fuvest, é hora de dedicar-se mais aos estudos para conseguir uma boa classificação no exame.

Veja aqui algumas dicas de como não perder o foco nos estudos!

Quais são os cursos mais concorridos da Fuvest?

O curso de Medicina é, tradicionalmente, o mais concorrido da Fuvest. Em 2019, por exemplo, a relação de candidatos por vaga foi:

  • Medicina – São Paulo: 129,46 candidatos/vaga;
  • Medicina – Bauru: 124,21 candidatos/vaga;
  • Medicina – Ribeirão Preto: 89,04 candidatos/vaga.

Por outro lado, as carreiras com menos concorrência no mesmo ano foram

  • Engenharia de Biossistemas – Pirassununga: 1,98 candidatos/vaga;
  • Biblioteconomia e Ciências da Informação – Ribeirão Preto: 1,86 candidatos/vaga;
  • Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental: 1,61 candidatos/vaga.

Modalidades de inscrição da Fuvest

Eu sei que, dependendo da época do ano que você está lendo este artigo em que explico quantas fases tem a Fuvest, provavelmente o período de inscrições já se encerrou. Porém, se ele ainda não tiver iniciado, essa informação abaixo pode ser muito útil!

Saber como funciona a prova do vestibular é fundamental. Além de quantas fases tem a Fuvest, o candidato precisa conhecer suas modalidades de inscrição. São elas:

  • Ampla concorrência (AC): vagas gerais para todos os candidatos;
  • Pretos, pardos e indígenas (PPI): cotas para os candidatos autodeclarados. Não leva a renda em consideração;
  • Escola Pública (EP): vagas destinadas aos alunos que cursaram o ensino médio em escola pública, independente da renda.

Por ser uma prova de alta concorrência e nível de exigência, quanto maior o preparo, maiores serão as suas chances de bons resultados.

Depois de compreender melhor quantas fases tem a Fuvest e outras informações importantes do vestibular, aproveite para ver também:

Melhores cursos da Mackenzie

follow:
Educação

Educação

Textos relacionados